Horto Florestal de Santos Lima recebe Curso de Georreferenciamento de Matrizes Florestais e Coleta d

Atualizado: 16 de Out de 2019


Entre os dias 4 e 8 de dezembro ocorreu, em Santa Maria Madalena, o primeiro curso de Georreferenciamento de Matrizes Florestais e Coleta de Sementes direcionado a gestores e funcionários de várias unidades de conservação do Inea. O curso visou auxiliar na aplicação da Resolução INEA 139/2016, que autoriza a coleta de sementes em unidades de conservação do estado do Rio de Janeiro e estabelece métodos de controle e avaliação dos projetos técnicos que serão submetidos para emissão dessa autorização.

Foram 29 pessoas capacitadas, sendo 14 pessoas na primeira turma e 15 na segunda turma. O curso foi realizado no Horto central Florestal Santos Lima (HCFSL), com aulas teóricas ministradas na sede do Parque Estadual do Desengano (PED) e as práticas, no Banco Estadual de Sementes Florestais (BESEF) e em matas do entorno.

No BESEF foi demonstrado como é feito toda cadeia, desde a chegada até o armazenamento das sementes, as análises de qualidade e sanidade, as normas e leis que regem o setor e o rastreio da origem das sementes florestais. Este trabalho, pouco conhecido na cadeia florestal, garante a rastreabilidade das suas mais de 130 espécies armazenadas atualmente. No curso ainda foram apresentadas as metodologias do BESEF, hoje coordenado pelo engenheiro agrônomo Jean Moraes Rocha, do Serviço de Sementes e Mudas (SESEM) da Gerência do Serviço Florestal (GESEF/Dibape).

Nas aulas teóricas foram mostrados conteúdos relacionados a conservação, trabalhos sobre espécies nativas da Mata Atlântica e redução de impacto na coleta de sementes florestais. O Pomar de Sementes visa fornecer sementes de matrizes arbóreas da Mata Atlântica com alta qualidade, alta diversidade genética e garantida procedência.

Parceira Embrapa e Inea

As aulas teóricas foram ministradas pela bióloga e pesquisadora da Embrapa Agrobiologia Juliana Müller Freire, que coordena, em parceria com o Inea, o projeto de implantação de Pomares de Sementes Florestais, que atualmente está em fase de coletas e seleção das melhores matrizes. Três pomares serão implantados em diferentes regiões fitogeográficas do Estado do Rio de Janeiro, sendo um deles na Floe José Zago.

Durante o curso, os participantes ainda fizeram saídas para a mata, onde árvores matrizes foram marcadas e georreferenciadas, e feita a coleta de sementes com a demonstração da técnica de rapel, coleta ao solo e coleta com podão. Foi coletado também o material botânico (folhas e/ou flores). Após a coleta, todo material foi trazido para o BESEF onde foram feitas a separação das sementes e a prensagem do material botânico para posterior identificação ou uso como catálogo vegetal da unidade.

Saiba mais sobre o curso aqui.

Sobre o Banco de Sementes

O BESEF é responsável pela conservação de várias espécies florestais da Mata Atlântica de forma ex situ, ou seja, fora de seu ambiente natural. O BESEF é responsável pela marcação, coleta, beneficiamento, armazenamento e distribuição de sementes florestais com garantia de procedência, qualidade e sanidade.

#Inea #SementeseMudas #Manejo

0 visualização